lundi, juillet 13, 2009

Projecto de Luta Contra a Pobreza dos CTT

(This is a post for my Portuguese readers, about a campaign against poverty.)

Até Agosto de 2009, qualquer pessoa pode deslocar-se a qualquer Estação de Correios de Norte a Sul do Continente e Regiões Autónomas com um donativo de bens não líquidos. Uma vez na estação de correios, ser-lhe-á fornecida gratuitamente uma caixa de transporte em cartão, a Embalagem Solidária dos CTT, cujos portes de envio são totalmente gratuitos, no âmbito do seu Projecto de Luta Contra a Pobreza. O autor do donativo apenas terá de encher a caixa, selá-la, e escolher a instituição destinatária, entre as várias possíveis, sem precisar de indicar uma morada. Os Correios tratam do transporte e da entrega, de forma totalmente gratuita.

Tipo de donativos aceites: roupa para adulto e bebé, calçado, agasalhos, fraldas, toalhitas para bebé, outros artigos de higiene para adultos, livros para bibliotecas infantis, dicionários, material escolar, material didáctico, papas e leite em pó, alimentos enlatados, brinquedos, material de escritório, material informático, produtos de limpeza, lençóis, atoalhados e outra roupa de casa, pequenos electrodomésticos, entre outros.

Instituições que os recebem: Casa do Caminho, Acreditar, ADRA Portugal, Ajuda de Berço, Ajuda de Mãe, Aldeias SOS, Associação Sol, Casa do Gaiato, Fundação do Gil, Fundação da Juventude (Porto), Refúgio Aboim Ascensão, Liga Nacional Contra a Fome, Abraço, ACAPO, AMI, Associação Portuguesa de Surdos, Centro Hellen Keller, Comunidade Vida e Paz, Fenacerci, Fundação Pró-Diginitate, GIRA, Liga Portuguesa Contra a Sida, Médicos do Mundo Portugal, Cruz Vermelha e CDA - Casa do Aposentado dos Correios e Telecomunicações.

Dirigi-me hoje a uma estação de correios para, dentro do âmbito desta campanha, doar vários sacos de roupas. Foi muito fácil e rápido, sobretudo agora que Lisboa está às moscas e havia muito poucas pessoas para atender. Na caixa constam os nomes das instituições acima referidas, e é só fazer uma cruzinha na entidade da vossa escolha, tão simples como isto. A instituição que escolhi foi a Comunidade Vida e Paz.

A minha única crítica é não ter ouvido qualquer referência a esta campanha, nem nos orgãos de comunicação privados nem estatais, nem nos blogues -- nem mesmo nas próprias estações de correio se vê qualquer referência a esta iniciativa, à qual se devia ter dado, no mínimo, tanto relevo como ao banco alimentar contra a fome. Se considerarmos que, ao contrário do banco, esta campanha tem tempo limitado e vai acabar já em Agosto (porquê?) ainda mais razão havia para não deixar de a publicitar.

De qualquer forma, aqui fica a informação.

2 commentaires:

Meryone a dit…

eu moro relativamente perto, mas na espanha (santiago de compostela) e acho que nao posso mas informarei à gente que conheço e que é provável que vaia a portugal

saúdos

Mariana a dit…

Obrigada, Meryone! :)

Blog Widget by LinkWithin